17 janeiro 2012

A festa sem balões

Simony era uma menina muito feliz, linda e cheia de amigos.

Andrézinho e Pedrinho eram seus melhores amigos, eles viviam juntos.

O aniversário de Simony se aproximava e ela estava ansiosa pela festa!

- Quero ver quantas cores de balões vou ter esse ano!! Eu amo balões, é o melhor de todas as festas! - ela dizia com os olhos brilhando como pedrinhas de cristal.

Chegou o dia da tão esperada festa de Simony e sua mãe pediu que ela não espiasse nada. Seria uma festa cheia de surpresas.



Ansiosa, Simony tomou banho, pôs sua melhor roupa e saiu correndo pra ver como estava linda a sua festa.

Assim que olhou para a mesa do bolo, Simony desatou a chorar. 

Sua mãe, preocupada, correu pra ver o que tinha acontecido.

- O que foi, filha? Por que você está chorando?
- Mamãe, onde estão os meus balões? Não vejo nenhum em toda a festa!
- Mas filha, olha só quanta coisa linda tem na sua festa! Um lindo bolo de chocolate, seu preferido! Salgadinhos, brigadeiro, pipoca! Tem um palhaço lá fora com todas as brincadeiras que você mais gosta.
- Mas não tem meus balões, mãe... Eu não quero festa sem balões.

A mamãe desapontada pediu desculpas e disse que tinha esquecido dos balões.

Simony ficou triste e parecia nem ouvir as músicas gostosas que tocavam em sua festa.

Logo depois, chegaram Andrézinho e Pedrinho, seus amigos queridos.

- Que festa linda, Simony!! Nunca vi tanto brigadeiro junto, acho até que vou ter dor de barriga! - disse Andrezinho com a mão cheia de doces e seu grande sorriso.

- É mesmo, Simony, nunca vi festa tão bonita! Vem, vamos brincar!! - disse Pedrinho puxando a amiga pela mão.

Simony relutou, mas por fim cedeu aos amigos e foi se divertir. 
Ela dançou, brincou, comeu tudo de mais gostoso e curtiu muito sua linda festa.
E quando Simony estava radiante, sua mãe pediu que ela fechasse os olhos pois tinha uma última surpresa.
Ela fechou os olhos com força, mas sem tirar o sorriso do rosto. 

Quando abriu, todos os convidados tinham em suas mãos um lindo balão colorido.
Simony mal conseguia acreditar. Era lindo demais pra ser verdade.

- Mamãe, é a melhor surpresa que eu poderia receber! - Simony sorria lindamente e sentia o coração pulando de felicidade.

- Viu, filha? Se você é feliz com o que tem à sua volta, todos os seus sonhos ficam ainda melhores quando se tornam realidade. Tudo o que você deseja fica ainda mais bonito e especial. Feliz aniversário, meu amor. Seja muito feliz!

Aquele foi o melhor aniversário de todos, a festa mais linda, o dia mais gostoso.
Simony passou a ver o mundo com olhos mais doces, buscando felicidade no que já tinha de melhor, não no que faltava. E claro, assim, foi muito mais feliz.

"Fim"




Desde que voltei do Processo Hoffman, toda noite uma história gostosinha assim surge direto do meu coração pro coração da minha princesa, daí resolvi registrar. Espero que gostem! ^^

Beijocas da Mamis determinada a reprojetar tudo e continuar sua linda construção. ;)

3 comentários:

  1. Que lindo! Isso é só o começo! Beijão!!

    ResponderExcluir
  2. Sua filha tem muita sorte por ter você como mãe.
    Beijos.
    Rogério Silveira Monteiro

    ResponderExcluir
  3. Que lindo amiga! Me emocionei, viu? Parabéns, você tem talento mulher.
    A Maria Júlia não poderia ter uma mãe melhor. =)
    Beijos e saudades!!

    ResponderExcluir