25 fevereiro 2011

Sempre eu, sempre minha.

Oi gentes! =)

Vocês já repararam como algumas situações que vivemos têm a bizarra capacidade de nos mudar profundamente?
De muitas vezes nos levar a caminhos que não aqueles que escolhemos sem que ao menos possamos nos dar conta disso.

Vivi várias situações assim ao longo da vida. É difícil de admitir, mas muitas vezes minha enorme capacidade de adaptação me deixou cega diante de desvios desnecessários.

É preciso ficar alerta aos sinais sutis de que você está saindo da rota, do seu caminho. 
É óbvio que ao longo da vida a gente muda mesmo, aprende, evolui. Mas deixar de ser você mesmo é diferente. E é difícil perceber a diferença entre uma coisa e outra. 
Então o aviso é: Preste atenção! Olhe pra você, curta-se, admire-se e nunca permita que o caminho mais fácil ou conveniente se torne o seu caminho.
 Nunca relaxe nessa vigilância.

Ser totalmente Eu e plenamente Minha. Desafio edificante de todos os dias. ^^

2 comentários:

  1. "Viver É uma montanha russa sem cinto de segurança..."


    (Coutinho, 2011)

    ;)

    ResponderExcluir